#Powerthings

Imitando o aplicativo da Nike que tem as “PowerSongs” (que são músicas que você seleciona para dar um gás naquele momento de ‘quase desistência’ da corrida), resolvi fazer uma mini série de coisas que eu sempre mentalizo quando estou prestes a desistir de algo, seja em relação a essa transformação ou até mesmo em qualquer aspecto da minha vida. Claro que a maior parte desses momentos nos quais mentalizo são referentes a essa jornada, mas nada nós impede de usar no nosso dia a dia. 🙂

Hoje vou falar de uma música que significou/significa muito para mim. Foi uma música que escutava todo dia e toda hora. Não sei se já falei por aqui, mas, quando eu gosto de uma música, escuto milhões de vezes durante vários dias até enjoar, dai eu paro de ouvir e depois de 1 dia sem ouvir, quando ouço novamente é essa paixão toda novamente. Embora tenha sido assim com essa música (ouvi zilhões de vezes quando conheci), eu nunca parei de ouvir, pois ela me deu/dá gás quando a minha energia já está quase esgotada, quando a vontade de desistir é enorme ou quando a vontade de parar de correr (ouço muito correndo) é gigantesca.

Sua letra não é nada muito elaborada, mas o seu principal verso vale pela música inteira. Então, vamos a música na sua versão original:

Essa é a versão que utilizo para correr:

Letra:

Days like this I want to drive away
Pack my bags and watch your shadow fade
Cause you chewed me up and spit me out
Like I was poison in your mouth
You took my light, you drained me down
But that was then and this is now
Now look at me
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
Throw your sticks and your stones
Throw your bombs and your blows
But you’re not gonna break my soul
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
I just wanna throw my phone away
Find out who is really there for me
Cause you ripped me off, your love was cheap
Was always tearing at the seams
I fell deep and you let me down
But that was then and this is now
Now look at me
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
Throw your sticks and your stones
Throw your bombs and your blows
But you’re not gonna break my soul
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
Now look at me, I’m sparkling
A firework, a dancing flame
You won’t ever put me out again
I’m glowing, oh whoa
So you can keep the diamond ring
It don’t mean nothing anyway
In fact you can keep everything
Yeah, yeah
Except for me
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
Throw your sticks and your stones
Throw your bombs and your blows
But you’re not gonna break my soul
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
This is the part of me, no
Away from me, no
This is the part of me, me, me…
No
Throw your sticks and your stones
Throw your bombs and your blows
But you’re not gonna break my soul
This is the part of me
That you’re never gonna ever take away from me, no
A parte que sempre mentalizo é “This is the part of me that you’re never gonna ever take away from me”. Isso tem sido quase mantra, pois ninguém vai tirar de mim essa minha vontade de chegar a minha meta, ninguém vai me dizer que é díficil (apesar de ser um pouco) ou me julgar pelas opções que faço, ninguém vai me falar que exagero em exercício, ninguém. NINGUÉM.
Por incrível que pareça, isso já está no meu subconsciente e por mais que receba energia negativa, eu sinto que elas não me abalam mais como antes, entendem?  Esse processo todo de perda de peso me fez acreditar ainda mais em mim e sei que tudo depende de mim, apenas disso. Por isso, não adianta colocarem olho grande, terem inveja, torcerem para eu engordar ou qualquer outra energia negativa.
Claro que nem tudo são flores e, infelizmente, as energias negativas nos atingem sim ao longo desse processo, principalmente, na fase inicial, mas o que eu quero dizer com esse post é que nós temos que confiar mais em nós mesmos e quando deixamos isso acontecer e começamos de fato acreditar, muitas coisas ficam mais fáceis e algumas neuras morrem. Por isso, falo tanto do `músculo de resistência`, pois quando ele está fortalecido, nós nos sentimos fortes e capazes de tudo, pois, no fundo, todos somos (!), mas por algum motivo duvidamos disso muitas vezes.
   “Se todos nós fizéssemos as coisas que somos capazes de fazer, iríamos literalmente nos surpreender”
E vocês têm alguma música específica também para te ajudarem nos momentos díficeis?
Beijos,
Anúncios

2 pensamentos sobre “#Powerthings

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s